• Taipa

Dos bate-papos e das inspirações

Quais autores o inspiram? Quais representam seu jeito de pensar literatura ou vida? Com quem seria valioso trocar informações? E aí, se você pudesse, qual escritor você chamaria pra sentar na mesa e bater um papo?



Na arte, a interlocução sempre foi um poderoso expediente para alargar os processos criativos. Philp Roth, em seu “Entre nós: um escritor e seus colegas falam de trabalho”, apresenta seus principais interlocutores literários. No livro, destacando a importância dessa troca para o enriquecimento de sua obra e de sua vida artística, Roth relata conversas com seus diversos interlocutores, entre eles o italiano Primo Levi, o romeno Aharon Appelfeld, os tchecos Ivan Klíma e Milan Kundera, o polonês Isaac Bashevis Singer e a irlandesa Edna O´Brien. Apresenta também uma correspondência com e a romancista Mary McCarthy, um perfil crítico do novelista Bernard Malamud, um artigo sobre os desenhos de Philip Guston e uma releitura do escritor Saul Below, tudo com bastante entusiasmo pelo ofício de escrever


Esta é a dica Taipa de leitura para quem está interessado em conhecer mais sobre o mundo da criação literária.


(fonte: Observatório da Imprensa)


#dicadeleituraTaipa


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo